Avançar para o conteúdo principal

Auto controlo? Se até ele consegue, todos conseguimos!




Quem se lembra da Rua Sésamo? E do famoso Monstro das Bolachas, o monstro mais adorado e com o apetite mais voraz ao de cimo da Terra? Pois é, ele está de volta, e desta vez para nos ensinar como conseguir dominar o
auto-controlo! Se bem nos lembramos, este bichinho azul e peludo é louco a valer por bolachas. Não consegue ver uma bolachinha quieta sem a devorar de forma incontrolável... Da mesma forma, no nosso quotidiano, também temos alguns momentos difíceis de gerir. O auto controlo é uma ferramenta poderosa, tão extensa que merecerá mais destaque, mas para já, e porque é Verão e o calor exige menos conversa e mais acções (o Sr Elvis já o dizia...), vale a pena ficarmos com este impulsionador de motivação. 

Apresento o Monstro das Bolachas e as suas estratégias para dominar a gula! (de seguida segue a tradução apenas da parte referente às estratégias, como convém a uma Psi de respeito, mas se forem mesmo fãs do Monstro das Bolachas e por qualquer motivo não compreenderem à primeira o que o azulinho diz, mais abaixo segue a letra completa).

"Me want it
But Me Wait
When me lose control
When me have no doubt
Me have strategies
That can calm me down
Me can talk to self
Me can stand up straight
Me can take deep breaths
Me can self-regulate
"

Tradução livre, salienta-se que as sugestões são da autoria do Monstro das Bolachas:
"Eu quero
Mas eu espero
Quando eu perco o controlo
Quando não tenho dúvidas nenhumas
Eu tenho estratégias
Que podem acalmar-me
Eu posso conversar comigo mesmo
Eu posso ficar em pé direito
Eu posso respirar fundo
E eu posso autoregular-me"

Ajamos sobre o que sentimos, antes que o que sentimos aja sobre nós!

Isabel Filipe


Letra completa da música Sesame Strees " Me Want I (But me Wait)
Nota: Paródia da música "I love It" de Icona Pop
Me get this feeling when me see a cookie on a plate, me want to grab it, want to eat it, oh me no can wait!
But now me know that self-control is something me must learn
Me want to grab it
Want to eat it
But Me Wait
Me want it
But Me Wait
Oh this not easy
Me get this feeling when the chocolate chip be on the dish.
Me want to grab it, want to eat it, that me only wish
But now me know that self-control is something me must try
Me want to grab it
Want to eat it
But Me Wait
Me want it
But Me Wait
Oh boy oh boy
When me lose control, when me on the brink, need to just calm down, me need to stop and think.
Me need control me self, yeah that’s the way to live.
And then me functioning like an executive.
But Me Wait
Me want it
But Me Wait
Oh boy that’s delicious.
Me get this feeling when a box of cookies are on the shelf
Me want to grab it, want to eat it, can’t control me self.
But now me know that self control is something me must do
Me want to grab it
Want to eat it
But Me Wait
Me want it
But Me Wait
Me want it
But Me Wait
Me want it
But Me Wait
When me lose control
When me have no doubt
Me have strategies
That can calm me down
Me can talk to self
Me can stand up straight
Me can take deep breaths
Me can self-regulate
Me Wait
Me want it
But Me Wait
Me want it
But Me Wait
Me want it
But Me Wait
Me Wait
But Me Wait
Okay, me waited long enough
Cookie!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Gestão das Emoções, suas competências e aspectos

Continuemos a nossa jornada pela Gestão dos nosso sentimentos! Hoje vamos conhecer, aprofundadamente, o modo de gerirmos as nossas emoções, tendo em conta os seus aspectos pessoais e sociais! Mas atenção: Ler é fácil... Difícil é por em prática o que descobrimos. Mas se pensarmos bem, o mero conhecimento da vida não nos permite vive-la, portanto sugiro: porque não experimentar o que vos parecer agradável?

Confiança em si próprio

Auto-confiança! Esta palavrinha pequena, com consequências tão grandes! Com toda a certeza, há dias em que se sentem mais seguros de vocês próprios e outros que parece que não vale a pena afirmarem-se nadinha, pois estão muito incertos que valha a pena partilharem o que quer que seja... Ainda podem conhecer aquelas pessoas, que "muito cheias delas mesmas", consideram que, independentemente de com quem estão, eles sabem mais, conhecem melhor, praticam com mais mestria! Daí que seja tão útil (e mais agradável para a sociedade!!!) termos um nível óptimo de auto-confiança! Para cuidarmos bem de nós e para respeitarmos o outro! Mais à frente iremos aprofundar a

Posso melhorar a opinião que tenho de mim próprio?

Ora vamos finalmente inserir informações neste espaço criado para que possamos partilhar acções e sentimentos! Começamos com autoestima, conhecermos e estimularmos a nossa só depende d e nós mas afecta a todos! Leiam, ajam, s intam e comentem! Este tema ins ere-se no Desenvolvimento Pessoal, da sondagem sobre os temas que preferem, o qual mereceu o seu primeiro voto antes de todas as outras áreas, pelo que vai estrear o nosso blog! Falemos então sobre a autoestima! A autoestima é dos melhores amigos que podemos ter quer para sermos mais felizes, quer para tratarmos os outros com mais respeito! Se juntarmos o nosso auto-conhecimento e o nosso auto-respeito, deparamo-nos com a nossa autoconfiança! E se juntarmos a nossa autoconfiança à nossa autoestima, resulta no

Depressão, a doença da tristeza - Parte 1

Hoje vamos falar sobre uma epidemia silenciosa, que gosta de se camuflar de tristeza. Estar triste é sentir melancolia. Sentir melancolia é pintar a imagem interior com cores sombrias. Tudo o que vemos e pensamos passa por um filtro pessimista, cinzento. Há um grande mal-estar afectivo. As diferenças entre a tristeza psíquica (reactiva) e a tristeza depressiva (sem motivo) são interessantes. A tristeza psíquica deve-se a